Notas comunicativas de uma liderança do clã “lagarta”, dos indígenas Sateré-Mawé/AM, sobre como a covid-19 impactou a etnia

Autores

Palavras-chave:

Sateré-Mawé; Pandemia; Amazônia.

Resumo

O texto partiu de diálogo com liderança indígena Sateré-Mawé/AM, da Amazônia Central, em meio ao surto do novo coronavírus, tendo em vista descrever interpretações nativas acerca da pandemia. O método de abordagem foi qualitativo, com fim descritivo e informacional, considerando o conteúdo interpretativo da narrativa. Os resultados apontaram a existência de uma estratégia própria de mitigação à covid-19, apesar da inoperância do Estado brasileiro, o que torna clara a autonomia e o poder de decisão dos povos originários amazônicos.

Biografia do Autor

Renan Albuquerque, Universidade Federal do Amazonas

É Professor Adjunto IV da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Possui graduação em Comunicação Social pela UniNiltonLins (2001), especializações em Psicopedagogia pela Universidade Cândido Mendes/RJ (2002), Comunicação Empresarial pela UniNiltonLins (2004) e Psicologia Social também pela UniNilltonLins (2005). É mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba (2008) e doutor em Sociedade e Cultura na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (2013). Tem pós-doutorado em Antropologia pela PUC-SP (2017). No presente, desenvolve estágio de pós-doutoramento em Psicologia Social pela PUC-SP (2019-). Na Ufam, é Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA/Ufam) e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCCom/Ufam).

Flávia Roberta Busarello, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Possui graduação em História e Psicologia pela Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB. Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do programa Observatório de Educação Escolar Indígena MEC/INEP/CAPES e participou do grupo de pesquisa EDUCOGITANS onde pesquisou nas seguintes áreas: educação escolar indígena, Paulo Freire, identidade, psicologia e cultura. Possui mestrado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. Atualmente é doutoranda do Programa de Psicologia Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e participa no Núcleo de Pesquisa Dialética Exclusão/Inclusão Social - NEXIN.

Referências

LBUQUERQUE, Renan, et al. A comunicação estratégica e histórica dos Sateré-Mawé/AM no enfrentamento à COVID-19 na Amazônia Central. Comunicação & Inovação. São Caetano do Sul, SP, v. 21, n. 47, p. 99-115, 2020. DOI: https//doi.org/10.13037/ci.vol21 n47.7264.

ALBUQUERQUE, Renan, et al. Os desaparecidos da COVID-19 - Quarentenas Amazônicas - Volume 6. Alexa Cultural: Embu das Artes/SP, EDUA: Manaus/AM, 2020b.

ALBUQUERQUE, Renan; JUNQUEIRA, Carmen. Brincando de Onça e de Cutia entre os Sateré-Mawé. Manaus: Editora da Universidade Federal do Amazonas, 2017. 272p.

ALBUQUERQUE, Renan; BUSARELLO, Flávia Regina. Povos originários e “o comum”: reflexões acerca do sofrimento ético-político de indígenas Sateré-Mawé/AM e Hixkaryana/AM In: SAWAIA, Bader; ALBUQUERQUE, Renan; BUSARELLO, Flávia Regina. Afeto & comum: reflexões sobre a práxis psicossocial. Alexa Cultural: São Paulo, 2018.

DAVIS, Mike. A crise do Coronavírus é um monstro alimentado pelo capitalismo. In: DAVIS, Mike, et al. Coronavírus e a luta de classe. Brasil: Terra sem Amos, 2020.

DELEUZE, Gilles. Espinosa: filosofia prática. São Paulo: Escuta, 2002.

IQCIENCIA - INFOVID#11. Podemos mudar o controle da pandemia? IQCiência – Youtube. Acesso em https://www.youtube.com/watch?v=VdCHS8Z 6IRU&t=917s. (12 de agosto de 2020).

JUNQUEIRA, Carmen; ALBUQUERQUE, Renan. A política de produção de ignorância de Bolsonaro é o maior vetor da covid-19. In SAWAIA, Bader, et al. Expressões da Pandemia – Fase 2, 2020. Disponível em: https://ufam.academia.edu/RenanAlbuquerque. Acesso em: 15 jun. 2020.

KRÜGER, Ana. Bolsonaro é alvo de nova queixa no Tribunal Penal Internacional por atuação frente à pandemia do coronavírus. Portal G1. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/07/26/bolsonaro-e-alvo-de-nova-queixa-no-tribunal-penal-internacional-por-atuacao-frente-a-pandemia-do-coronavirus.ghtml. Acesso em 27 jul. 2020.

LEITE, Maurício Soares. Nutrição e alimentação em saúde indígena: notas sobre a importância e a situação atual. In: GARNELO, Luiza; PONTES, A. L. Saúde Indígena: uma introdução ao tema. Brasília: Ministério da Educação/Unesco, 2012.

MAGALHÃES, Edvard Dias. Legislação Indigenista Brasileira e Normas Correlatas. 3. ed. Brasília: FUNAI/CGDOC, 2005.

MELLAN, Thomas, et al. Estimating COVID-19 cases and reproduction number in Brazil. Imperial College London, 2020. Doi: https://doi.org/10.25561/78872.

OLIVEIRA, Giorgio Ítalo; ALBUQUERQUE, Renan. Indígenas e quilombolas em lockdown territorial para mitigar avanço do SARS-CoV-2. In ALBUQUERQUE, Renan; FERREIRA, Gerson. Quarentenas Amazônicas - Volume 1. Embu das Artes/SP: Alexa Cultural; Manaus: EDUA, 2020.

PAIVA, Eunice, et al. O tacape do diabo e outros instrumentos de predação. São Paulo: Editora Alexa Cultural, 2019.

PHILLIPS, Tom; MAISONNAVE, Fabiano. ‘Utter disaster’: Manaus fills mass graves as Covid-19 hits the Amazon. The Guardian, 30 de abril de 2020.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A cruel pedagogia do vírus. São Paulo: Editora Almedina, 2020.

SATERÉ, Josias; ALBUQUERQUE, Renan; JUNQUEIRA, Carmen. Kapi: uma liderança clânica e afim. Embu das Artes/SP: Alexa Cultural; Manaus: EDUA, 2020.

SATERÉ, Josias. Abril Indígena no combate ao vírus: uma leitura Sateré-Mawé (clã sateré/ut) e sua resistência Tupi. In SAWAIA, Bader, (org.) et al. Expressões da Pandemia – Fase 1. São Paulo, Alexa Cultural, 2020.

SAWAIA, Bader Burihan (Org). As Artimanhas da Exclusão: Análise psicossocial e ética da desigualdade social. 2 ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

SAWAIA, Bader Burihan. Psicologia e desigualdade social: uma reflexão sobre liberdade e transformaçãosocial. Psicologia & Sociedade, v. 21, n. 3, p. 364-372, 2009.

SAWAIA, Bader; ALBUQUERQUE, Renan; BUSARELLO, Flávia Roberta. (orgs.). Afeto & comum: reflexões sobre a práxis psicossocial. São Paulo: Alexa Cultural, 2018.

SAWAIA, Bader; ALBUQUERQUE, Renan; BUSARELLO, Flávia Roberta. O paradoxo do isolamento na pandemia segundo o povo indígena Sateré-Mawé/AM. Psicol. Soc., Belo Horizonte, v. 32, e020010, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822020000 100409&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 04 set. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/1807-0310/2020v32240300.

SPINOZA, Baruch. Ética. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

WILLIAMS, Simon, et al. Public perceptions and experiences of social distancing and social isolation during the COVID-19 pandemic: A UK-based focus group study. MedRxiv Preprint, Version posted April 15, 2020. https://doi.org/10.1101/2020.04.10.20061267.

Downloads

Publicado

2022-06-24