Desafios do ensino bilíngue na construção de uma educação intercultural: o livro didático em questão

Autores

  • Talita Destro Rost Unisa
  • Marilia Gomes Ghizzi Godoy Unisa

Resumo

A presença de políticas públicas de educação e os sentidos democráticos do ensino abrangem um espaço de cidadania e formação cultural através do ensino da língua inglesa. Os valores de interculturalidade e de formação bilíngue dos alunos representam uma tendência à formação das identidades. Com uma metodologia apoiada na interdisciplinaridade, o trabalho tem como foco a análise do livro didático Way to English for Brazilian Learners, nos quatro níveis do ensino fundamental 2. Essa obra foi adotada na esfera federal (MEC) nos anos 2017-2019, tendo obtido um recorde de consumo nas escolas públicas no âmbito nacional. Seguindo os pressupostos ordenados pelo BNCC (Base Nacional Comum Curricular), pergunta-se como os conteúdos da obra examinada como o material documental da dissertação, traduzem representações culturais comprometidas na formação do bilinguismo. Observa-se mediante a análise dos conteúdos dos quatro volumes, as tendências políticas e ideológicas de formação globalizada e pós-moderna dos alunos nas dimensões do ensino público brasileiro. O universo cultural presentifica-se por um compromisso e recriação dos educandos inseridos na globalização como uma expressão generalizada e universalizada dos conhecimentos. Torna-se imperante o exercício da língua inglesa como expressão internacionalizada dos saberes, criando-se uma contextualização simbólica do bilinguismo e a formação intercultural dos alunos pertencentes a rede pública.

Downloads

Publicado

2020-12-03